O Planejamento Tributário Pré-Imigração, conhecido também como pre-immigration tax planning, é o estudo contábil jurídico que identifica as possíveis estratégias, de forma lícita, que minimizam os impactos fiscais decorrentes do processo de imigração. Tornar-se um residente nos Estados Unidos pode trazer consequências tributárias extremamente caras, caso determinadas precauções não sejam tomadas. Cada caso deve ser analisado de forma única e acompanhado por profissionais especializados no assunto.

Um exemplo prático onde a falta de planejamento tributário poderia trazer implicações indesejadas é a venda de um ativo no país de origem. Caso o indivíduo em processo de imigração tenha intenção de vender um ou mais ativos, é interessante que faça isso antes de se tornar residente nos EUA. Caso contrário, a receita da venda, mesmo referente a um ativo fora dos EUA, estará sujeita a impostos de ganhos de capitais nos EUA.

Isso ocorre por que os EUA tributam cidadãos e residentes com base na renda total auferida nacional e internacional. O que isso significa? Significa que a renda auferida por uma operação ou negócio mantido fora dos EUA (ex. Brasil) também é tributada. Por este motivo, é fundamental um bom planejamento tributário para evitar ou minimizar a bitributação.

 

Planejamento Tributário Pré-Imigração

 

Saiba mais neste artigo: http://www.investusa360.com/pt/article/a-import-ncia-do-planejamento-tribut-rio/